lunes, septiembre 17, 2007

Comparsas...

Comparsa: Según la RAE, dícese del grupo de personas que, vestidas de la misma manera, participan en carnaval o en otras fiestas. Acepción Nº2: Participante de una comparsa. Por tanto, el comparsa participa de la comparsa...interesante.

Esta canción la escuché de madrugada haciendo zapping como es habitual en mí...tipo 2 am, cuando no hay nada que ver y -pese a tener tv cable- no hay nada de sueño....
Obviamente en el mismo instante de terminada la canción, me interné en google hasta encontrar algo...y ahí estaba....
aquí la comparto...
puede que no les guste, pero nos noctámbulos me entenderán en eso de hacer zapping y no encontrar nada, a excepción de una canción alegra!!



Comparsas/O Pequenez e o Pit Bull
Ana Carolina y Seu Jorge en Ana & jorge, ao vivo

É... deixa eu falar do meu comparsa
Que não dá mole não tem farsa
Nem cai no conto do vigário
Ele é do tamanho de um armário
Meu amigo é o Jorge Mário

Poderoso e campeão
Forte e robusto é o negão
E meu amigo joga duro
Sempre chega bem na frente
Tem um olho no futuro
E é sério e inteligente
Não é o seu
Nem é o meu
É o nosso Seu Jorge
É o nosso Seu Jorge
ihh...
É o nosso Seu Jorge
ihhhh...

E vem a Ana Carolina
Uma menina interessante
Com seu ar estonteante
Com a sua voz possante
Esse jeito diferente
Ela é a gente da gente
Botando a bola pra cima
O que começa ela termina
Disposição ela é a mina
Ana "bacana" Carolina
Ana "bacana"... a Carolina
Ana "bacana"... a Carolina
É a Ana "bacana"... a Carolina
Ana "bacana"... a Carolina

Carolina
Salve o Jorge [4x]

Pra todo mundo saber
O que é ficar lado a lado
Num cavalo sem asas
No meio do palco

Pra todo mundo saber
O que é ficar lado a lado
De um cavalo sem asas
Aqui no meio do palco

Aqui no meio do palco [8x]

Eu não quero sair
Hoje eu vou ficar quieto
Não adianta insistir
Eu não vou pro boteco
Eu não quero sair
Hoje eu vou ficar quieto
Não adianta insistir
Eu não vou pro boteco
Hoje eu não teco, não fumo
Não jogo sinuca
Não pego no taco
Tem muita gente maluca
Me apurrinhando
Enchendo o meu saco
Hoje eu estou de vara curta
Vou ficar no barraco
O que não falta é tatu
Pra me levar pro buraco

(Refrão)

Converso afiada amador
Carambola
Espeto é de pau em casa de ferreiro

Papagaio que acompanha João-de-Barro se enrola
Vira ajudante de pedreiro [2x]


Hoje eu não teco, não fumo
Não jogo sinuca
Não pego no taco
Tem muita gente maluca
Me apurrinhando
Enchendo o meu saco
Hoje eu estou de vara curta
Vou ficar no barraco
O que não falta é tatu
Pra me levar pro buraco

2 comentarios:

César dijo...

Comparsa:

Viva CHILE mierda!!!

Salú!

Compleja dijo...

Nada como una canción para alegrarse. Increíble el poder de la música en el estado de ánimo, por lo menos en mi caso...por eso no entiendo a la gente que le gusta la música deprimente...ta bien masoquearse un rato cuando uno anda mal, pero escuchar por puro gusto y a cada rato música desgarradora, triste o violenta no me cabe en la cabeza...bueno, cada loco con su tema....

Salú

Chau